Lisbon,
29
Novembro
2016
|
10:35
Europe/Lisbon

CBRE renova Torre Oriente

Sob gestão da CBRE desde início de 2015 e propriedade da Union Investment, a Torre Oriente foi alvo de uma renovação que abrangeu o lobby principal, os acessos ao estacionamento e ainda o rebranding da marca do edifício com a colocação de nova sinalética.

Com estas alterações a imagem da Torre Oriente tornou-se mais sofisticada, profissional e alinhada com os princípios de um edifício Premier Property, programa sob o qual a CBRE gere a Torre Oriente. De acordo com este novo conceito de gestão de edifícios, a atenção aos detalhes e a qualidade do serviço prestada aos inquilinos e visitantes são uma prioridade. Um programa de formação em Customer Service criado exclusivamente para os prestadores de serviços da Torre Oriente, fardamento desenhado de acordo com o novo branding, área de estar com design moderno e ergonómico proporcionando maior conforto aos visitantes, inovador sistema de gestão de visitantes através de QR code, música ambiente e um programa anual de eventos são alguns dos detalhes que transmitem a sensação de hotel de 5 estrelas a quem utiliza ou visita a Torre Oriente.

Luís Teodoro, Diretor de Gestão de Ativos Imobiliários da CBRE
A renovação da Torre Oriente faz parte do projeto de transformação deste edifício numa Premier Property. Através deste programa os edifícios beneficiam de um conjunto de serviços premium, que visam potenciar o valor do ativo, bem como proporcionar uma experiência de utilização única aos seus inquilinos.
Luís Teodoro, Diretor de Gestão de Ativos Imobiliários da CBRE

A gestão do projeto de renovação da Torre Oriente esteve também a cargo da CBRE, através da equipa de building consultancy, que geriu, supervisionou e controlou todo o projeto.

Este ativo, gerido pela CBRE desde 1 de janeiro de 2015, propriedade da Union Investment, com 27.600 m2, foi construído em 2009, possuindo 13 pisos de escritórios onde alberga empresas de prestígio como Fujitsu, Barclays, Bankinter, GeoStar, Promanec, Manpower, LEO Pharma e Capgemini.

A Torre Oriente junta-se assim a edifícios como o City Point, em Londres, Tour First, em Paris, The Edge, em Amesterdão ou a Torre Shanghai e a Torre Iberdrola, na China e em Espanha, respetivamente, que fazem parte das cerca de 250 Premier Properties geridas em todo o mundo pela CBRE.